Destino Surpresa

No final do ano passado, me despedi do grupo do Remote Year que estava em Hanoi e logo embarcaria para Kyoto.

Eu sabia desde o início que os brasileiros teriam que “pular” essa parte do itinerário – por conta do processo de visto* – mesmo assim fiquei triste porque adoraria voltar para o Japão e ter a companhia de alguns amigos que fiz nesta jornada.

Mas também não era o caso de começar 2016 com mimimi!

Já viajei tantas vezes sozinha e sempre curti a liberdade de fazer meus planos “on the road”.

Bora experimentar um pouco o Lifestyle dessa tal de Indochina, bora escolher um outro destino interessante para explorar.

Pra onde vou, afinal? Mistééério. Conto na segunda, direto de lá.

Detalhe: escrevo este post já acomodada no avião, aguardando a decolagem e ouvindo música brasileira ao fundo. E acho que é possível ser feliz sozinha, sim, sr. Jobim!

Fundamental é mesmo o amor por viajar.

Fernanda-Prats-Bali.jpg

*Brasileiros só podem solicitar o visto no consulado do Brasil e a antecedência máxima permitida é de 3 meses. Como embarcamos em junho de 2015, só conseguiria entrar com pedido dentro dessas normas se voltasse praí…

Anúncios

Um comentário

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s