Em Busca do Novo Crush

A última vez que fiz uma escolha meio maluca para definir minha estadia em alguma parte do mundo… foi um super match! Vivi um lindo caso de amor com Saranda por 6 meses, experimentando a intensidade de uma paixão de verão, a descoberta do ‘meu zen’ no outono e um interessante período de reflexão no inverno.

Não sei quais as probabilidades de que algo assim aconteça novamente, então o plano agora é dar umas voltas por aí até sentir que outro lugar faz um ‘clique’ no meu coração.

Começo essa nova jornada em Bogotá, Colômbia, cidade escolhida por conta do custo de vida baixo, boa localização pra explorar outros destinos no próprio país e nas proximidades, bom motivo pra desenferrujar meu espanhol… e uma urgência de transformar meu estilo de vida.

Desta vez não tem grupo, não tem projeto e nem perrengue financeiro forçando a me reinventar para continuar na estrada. Tem uma página em branco, um desafio.

Tenho visto muitos blogs com informações práticas para turistas ou para quem deseja morar em outros países. Mas pretendo continuar compartilhando minhas histórias de viagem ‘pelo lado de dentro’, assim, como venho fazendo até agora. Claro que estou aberta a sugestões, a passar dicas úteis, responder dúvidas… porque o objetivo inicial de escrever aqui é a troca 😊

Por isso, reforço o convite para que você viaje comigo – pra onde quer que a gente vá – e descubra novos crushs pelo mundo afora!

DICA👍🏻: Ganhe desconto na hospedagem e ainda ajude a manter o Pratserie usando um destes links em sua próxima reserva de hospedagem!
Para escolher entre várias opções de acomodação: https://www.booking.com/s/52_6/pratse23
Para ter uma experiência local alugando um espaço para ficar: www.airbnb.com/c/fprats1

Beijos, Prats

Fernanda Prats - 2019 (Bogotá, Colômbia)

Anúncios

7 Replies to “Em Busca do Novo Crush”

  1. Show Fer… como minha primeira viagem de avião foi contigo hahaha… continuo te seguindo e acompanhando por aqui…
    Gostaria da verdade sobre Buenos Aires, achei a cidade show, mas os nativos (Jesus) socorro, mercados e comércios sem o menor interesse nos turistas e digo gente grossa e bota grossa nisso e olha q o paranaense sabe ser antisocial, mas o argentino ganha de lavada. Só os Argentinos q trabalham c o turista direto esses parecem e até incorporam o espírito brasileiro…
    Fer Feliz 2019 p ti e toda sua família!!!

    Curtir

    1. Que ótimo, Jéssia. Acho que era minha primeira viagem também e que segurar na sua mão tb me ajudou muito 🙂 Entendo o que você diz subre BsAs. Eu também amei a cidade e senti essa vibe anti-turista em algumas lojas. Por sorte conheci um pessoal local bem bacana (namoradinho de uma amiga e sua turma), assim essa impressão ficou para trás.

      Curtir

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: