3 dicas de filmes ‘politicamente poéticos’ rodados nos Balcãs

Inspirada pela minha recente viagem pelos Balcãs, revi algumas histórias que considero interessantes para quem tem curiosidade sobre a região. Estes 3 filmes foram selecionados por levantarem questões políticas com uma certa poesia e estarem disponíveis online para você assistir de graça – mas só depois de ler o post, tá?

Você já se sentiu como se estivesse vendo um filme pelo lado de dentro da tela? Tive essa sensação ao chegar na Albânia. Vir para cá foi uma decisão mega rápida, improvisada até, que me reconectou com duas paixões antigas: a história e o cinema dos países da região dos Balcãs.

Mapa político dos Balcãs - animação
Veja quantas mudanças ‘no pedaço’ rolaram entre 1800 e 2008!

Meu interesse por esta parte do mundo começou na escola, com as aulas de uma professora sensacional chamada Hilda Veneno. Ela sempre incentivava a classe a ler jornais e, certa vez, nos propôs uma pesquisa sobre os diferentes regimes de governo. Depois de estudar a Cortina de Ferro, eu quis ler mais sobre o estilo de vida no comunismo e entender como esses povos balcânicos encaravam tantos conflitos políticos. Foi então que eu conheci os filmes Iugoslavos e pós-Iugoslavos na faculdade de Cinema… Fiquei fascinada pela forma poética com que essas histórias eram contadas e também com a musicalidade e a atmosfera meio maluca que os cineastas dos Balcãs imprimem em suas obras. Vem ver!

Underground – Emir Kusturica

Antes de clicar para assistir o filme, dê mais uma olhada na animação lá em cima. Ela mostra muitas influências sofridas pela Iugoslávia – que se configurou como potência comunista, mas acabou reconfigurada em diversos países balcânicos. É bom também considerar a estreita relação com a União Soviética e que o país foi invadido pela Alemanha no período da Segunda Guerra Mundial. Com isso em mente, fica mais fácil da gente se envolver no estilo alegórico com que diretor representa estes conflitos – e que lhe rendeu a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Pra mim, Underground é uma aula de história diferentona, com trilha sonora instigante.

Cartaz do filme Undergroud de Emir Kusturica
Cartaz do filme Undergroud de Emir Kusturica

4 meses, 3 semanas e 2 dias – Cristian Mugiu

Este é o filme de formato mais convencional da minha lista. Ele tem narrativa linear, é realista e até um tanto cartesiano, como o título dá a entender. E nem por isso deixa de ser poético… ou político. Para você ter uma ideia melhor sobre o contexto do roteiro, vale lembrar que o aborto foi proibido na Romênia por Nicolae Ceausescu, assim como o uso de métodos contraceptivos. O ditador comunista ainda impôs o ‘imposto do celibato’ e uma espécie de ‘polícia menstrual’ no país.

Mas nada disso fica explícito durante o desenrolar da história, que mostra a saga de uma estudante universitária para realizar um aborto clandestino contando apenas com o apoio de uma amiga. A poesia transparece no forte elo entre essas duas mulheres, no misto de coragem e resignação com que elas enfrentam as mais diversas formas de repressão em um dia de suas vidas.

4 meses, 3 semanas e 2 dias nos instiga a fazer um paralelo entre a condição atual da mulher e o que rolava naquele tempo e lugar. Na minha opinião, o que nos conecta à história vivida por essas amigas vai muito além da questão do aborto. O filme levou a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Cartaz do filme 4 meses, 3 semanas e 2 dias
Cartaz do filme 4 meses, 3 semanas e 2 dias

Antes da Chuva – Milcho Manchevski

Palavras, rostos e imagens. Albânia, Macedônia e Inglaterra. Amor, religião e violência. Estes são apenas alguns exemplos dos trios que se entrelaçam continuamente na construção deste filme, que é dividido em 3 segmentos sem respeitar uma ordem cronológica. O formato, no entanto, não dificulta o fluir do enredo. E, aos poucos, o que se desenrola na superfície nos faz entender que há camadas muito mais profundas na mesma história: o que une os personagens, o que os separa, o que temos a ver com eles… O filme conseguiu a proeza de virar ‘cult’ entre os cinéfilos e também agradar a academia americana, sendo o primeiro longa da Macedônia indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro – além de ganhar o Leão de Ouro em Veneza.

Antes da Chuva é tão belo que prefiro não ficar explicando muito. Confie na minha sinopse ‘parcialmente poética’ e assista!

Cartaz do filme Antes da Chuva
Cartaz do filme Antes da Chuva

Montar esta pequena lista me ajudou a ligar pontos e entender melhor várias histórias…. Fora que ainda vi muitas referências dos filmes se materializarem em minhas viagens, como os boêmios enchendo a cara de rákia numa kafana (boteco, em Sérvio), a frieza de alguns funcionários ‘da velha guarda’ comunista, algumas semelhanças entre as pessoas da Albânia, Kosovo e Macedônia… e as diferenças que ainda reverberam antigos conflitos na área dos Balcãs.

Espero que você consiga assistir pelo menos uma dessas obras que batizei de ‘politicamente poéticas’ e se anime a pesquisar mais sobre esta parte do mundo. Talvez apenas bata vontade de ouvir a banda Beirut, que se inspira muito no estilo musical daqui. Talvez você queria checar a Emir Kusturica and the No Smoking Orchestra. Mesmo que não goste de algo, fique à vontade para me contar nos comentários ou por mensagem, ok? Tenho muita curiosidade sobre as reações o que esses filmes provocam!

Beijos, Prats

 

Anúncios

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s