Primeira Fila

Nos bastidores da semana de moda do Sri Lanka, conversei com a jornalista Tina Edward Gunawardhana, que coordena a cobertura da Colombo Fashion Week para os mais importantes veículos de comunicação do país.

Quer saber mais sobre o evento e a moda local? A gente te coloca na primeira fila!

colombo_fashion_week_2016 (2)Tina Edward Gunawardhana tem mais de 20 anos de experiência em jornalismo e vem publicando seus textos afiadíssimos na Inglaterra, Austrália e, claro, Sri Lanka. Desde que voltou a morar em Colombo, ela é a principal redatora da HI! Magazine (a revista mais badalada entre a sociedade daqui), colunista do Daily Mirror (o jornal diário em inglês com maior circulação no país) e ainda colabora com outros veículos de destaque. Ninguém melhor que a Tina para contar tudo sobre esta Semana de Moda:

A Colombo Fashion Week tem três edições por ano, explica Tina. A principal acontece no salão de baile do Hilton de Colombo e a edição de Moda Praia é apresentada na rampa sobre a piscina do mesmo hotel. O último evento no calendário mostra as coleções de Moda Resort, que normalmente são apresentadas em outras cidades, em cenários magníficos como o forte de Galle ou a praia de Negombo, no hotel Jetwing.

E como você avalia a evolução do evento?

Eu venho percebendo uma constante melhoria no padrão de estilistas. Alguns realmente tem se superado a cada desfile! E atualmente o presidente da Colombo Fashion Week, Ajay Vir Singh, introduziu uma noite especial de estilistas emergentes. Uma oportunidade e tanto para os jovens estilistas apresentarem suas ideias.

O evento também atrai estilistas internacionais, sendo que a mais famosa é Bibi Russel, de Bangladesh. Ela é considerada a madrinha da moda étnica na Ásia por ser pioneira na utilização de métodos artesanais tradicionais. Através desse conceito, milhares de artesãos em seu país são incentivados a se capacitarem em tecelagem, bordados e vários outras formas de artesanato. Reconhecida pela comunidade internacional por este trabalho inovador, Bibi iniciou na moda como uma das supermodelos de sua época, com fotos publicadas na Vogue e outras revistas. Ela também inspira muitos estilistas do Sri Lanka.

Bibi Russel_CFW_pratserie.jpg

 

(O desfile de Bibi Russel foi o primeiríssimo que eu assisti na Colombo Fashion Week. Fiquei fascinada pelo colorido e leveza das peças, com um conceito tão definido que me fez visualizar o conjunto como se fosse um figurino. Imaginei os looks numa novela da Glória Peres em Bangladesh que eu adoraria assistir!)

E quais foram os desfiles mais marcantes para você?

Entre os estilistas do Sri Lanka, Ramona Oshini é uma criadora que transita entre a moda oriental e ocidental com muito talento.

Sonali Dharmawardena, que é realmente uma artista, apresentou uma coleção de sáris em Batik e vestidos surpreendentes nesta edição – Batik é uma técnica especial de tingimento com uso de cera quente.

Annika Fernando,  estilista por trás da coleção MAUS também apresentou uma coleção surpreendente, elegante e perfeitamente adequada para o clima tropical do Sri Lanka.

Na moda masculina, destaco Mevan Kaluarachchi, da Holanda, que exibiu uma bela coleção.

cfw2016_pratserie.jpg
Desfiles CFW 2016: Ramona Oshini, Sonali Dharmawardena,  Maus, Mevan Kaluarachchi

No post com minhas impressões sobre os desfiles que assisti, contei que neste evento eu não vi ninguém aparecendo na entrada, com looks exagerados, tentando “dar um truque” para entrar sem convite. Percebi que aqui elegância é mais valorizada que a ousadia… inclusive no comportamento das pessoas.

Sim, para entrar na Colombo Fashion Week é preciso ter convite ou estar credenciado para trabalhar no evento. As pessoas nem tentam esse tipo de coisa porque seria embaraçoso serem pegas tentando assistir aos desfiles sem convite!  Nesta edição da CFW, recebemos os astros locais de críquete Kumar Sangakkara e Mahela Ja Yawardene, com suas mulheres. Elas são grandes influenciadoras da moda de Colombo, sempre impecaveis, com peças de estilistas do Sri Lanka ou boas marcas internacionais. Aqui, todos fazem questão de se vestir com elegância para a CFW.

cfw2016_Fernanda_Prats.jpg
Ajar Vir Singh (presidente CFW), Shimalee (editora HI!), Kimarli Fernando (banqueira) e Linda Speldewinde (fundadora da Academy of Design)

Outra diferença que mencionei, foi a forma com que os modelos entram na passarela – que por ser mais ampla, me pareceu um palco. Eles percorrem todos os cantos e se posicionam favorecendo todos os ângulos para a visualização dos looks.

Essa é a concepção de Prasad Bidapa, o mais famoso coreógrafo e organizador de concursos de beleza da Índia, que também é um dos diretores da Colombo Fashion Week. Os modelos são treinados por ele para se apresentar dessa forma.

E você, Tina, qual a sua “coreografia” para entrar no ritmo da cobertura dos desfiles?

Algumas semanas antes, participo de uma reunião com o presidente e fundador da CFW, Ajay Vir Singh, junto de minha editora, Shyamalee Tudawe. Assim que recebemos a lista dos estilistas, já começo a pesquisa sobre as coleções.

Parte do meu trabalho é produzir textos que serão publicados nos jornais do dia seguinte aos desfiles, então converso com os estilistas durante o evento para completar as matérias.

Eu trabalho com um grupo de fotógrafos para garantir a captação de imagens de passarela e também dos convidados, pois editamos a lista dos mais vestidos de cada noite. Além disso, eu coordeno a equipe da HiTv, um canal digital que documenta os eventos sociais de Colombo.

Normalmente, chego ao Hilton às 5 da tarde e só volto para casa por volta das 3 da manhã. Só descanso depois dos desfiles, mas gosto tanto do meu trabalho que escrever os artigos é uma forma de relaxamento para mim!

Tina_Edward_Gunawardhana_pratserie_blog
Tina, em viagem de pesquisa à India

Ufa! A Tina é incansável mesmo. Além de cobrir com muita competência esses eventos de moda, ela também escreve sobre estilo de vida, gastronomia e turismo – é dela a página semanal sobre Viagens no Daily Mirror, para a qual eu tive a honra de ser entrevistada.

Mais do que “achados”, o Sri Lanka está me proporcionado uma série de “encontros” inspiradores.  Espero que a objetividade e profissionalismo de Tina Edward Gunawardhana também sirvam de inspiração para você!

Beijos, Prats

 

 

 

 

 

 

 

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s