Depois do sono bom…

Na hora de tomar café você pensa em pimenta, macarrão ou picles? Em nove meses de viagem, tive que adaptar meu paladar. Vem ver meus Top 5 cafés da manhã pelo mundo!

Sri_Lanka_food_by_Fernanda_Prats.jpg
foto da direita: Alice Lucker, do site Style in Sri Lanka

Mirissa, Sri Lanka

O melhor e mais típico da parte asiática desta viagem. Fui fundo na experiência e até aprendi a comer com as mãos, do jeito que os locais fazem.

Na refeição da foto aí em cima: Sting Hoppers (macarrão de arroz), Peixe ao molho, Curry, Pol Sambol (uma espécie de farofa feita de coco) – tudo beeem apimentado! Chá com leite para acompanhar (influência cultural dos ingleses que dominaram o país) e fatias de pão caseiro  (herança dos tempos de colonização portuguesa). E eu ainda pedi uma porção de manga com curd (uma coalhada mais consistente, feita de leite de búfala).

Intercalando bocados desses sabores mais doces, consegui amenizar o ardor na boca. Tudo é uma questão de costume. Pimenta para eles… praticamente é refresco!

Istambul, Turquia

Enlouqueci com o café da manhã do hotel na minha primeira visita à Istambul: iogurte, picles, tomate, azeitonas, pães caseiros, mel… Quando passei um mês na cidade, com o grupo do Remote Year, eu comia “em casa” na maioria das vezes. Ou saía correndo e comprava uma Pide (espécie de esfiha) pelo caminho. Mas nos finais de semana eu me jogava nos brunchs locais ou “fusion” com minhas amigas – este da foto eu experimentei no café Journey do bairro de Cihangir.

journey_breakfast_by_ptaserie

Praga, República Checa

Pense nos cheiros de canela e pão doce saindo do forno e a imagem fica mais completa. Acrescente um bom café e Dobry Den! Isso quer dizer Bom Dia em checo e é mais fácil de pronunciar do que o nome dessa delícia típica.

trdelnik_by_pratserie.jpg

Liubliana, Eslovênia

Lá também se diz Dobry Den pela manhã – e soa como música para mim depois de refeições como a da foto seguinte. Nada tipicamente esloveno, mas é o que normalmente se encontra nos restaurantes e cafés do centrinho de Liubliana – com apresentação sempre caprichada assim, por mais simples que seja o lugar. Detalhe: até então eu não comia bacon…

top5_breakfast_by_Fernanda_Prats.jpg

Cavtat, Croácia

Simplesmente, todos os cafés da manhã na casinha que eu dividi com duas amigas do Remote Year durante nosso mês na Croácia. Também não eram 100% típicos, mas a gente sempre incluía algum ingrediente local – como os figos colhidos na árvore ao lado ou as panquecas e compotas que nossa landlady preparava. A troca entre culturas e nossas pequenas celebrações à mesa sempre tornavam tudo mais especial. E nossa vista, ahhh… as fotos não fazem justiça à beleza do lugar.remote_year_croatia_by_pratserie.jpgremote_year_croatia_by_Fernanda_Prats

Bali, Indonésia

Calma, sua conta não está errada. Só preciso acrescentar que a foto de abertura é a salada de frutas do Seniman, meu top de Bali e totalmente Hours Concours  nessa lista.

Beijos, Prats

Um comentário

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s