Elefantes&Paetês

Este ano eu não vi nada, nadinha do Carnaval do Brasil. Em compensação, tive a sorte de estar no Sri Lanka numa lua cheia em fevereiro e ver o Perahera. Batuque, fantasias, alegorias e alguns passos de dança até me lembraram a festa brasileira. Só que, aqui, os “destaques” não são celebridades ou mulheres seminuas. E sim, diversos elefantes desfilando com modelitos cheios de brilho!

6839733401_647699a610_b
foto: indi.ca

Mesmo com toda diversidade religiosa no Sri Lanka, um feriado ligado ao Budismo se repete a cada lua cheia – o Poya. Vários estabelecimentos comerciais fecham – inclusive os bancos – e a venda de bebidas alcóolicas é interrompida desde a noite anterior ao feriado, que marca diferentes celebrações do Budismo. A mais grandiosa acontece no Poya de fevereiro e é denominada Nawam Maha Perahera – também chamada de Elephant Parade (Parada dos Elefantes) pelos os turistas.

elephant_parede_by_Fernanda_Prats.jpgEsse tipo de cortejo é tradicional da região de Kandy, mas também acontece em Colombo desde o final dos anos 70s. Os ingressos para as arquibancadas se esgotam rapidamente e as pessoas passam horas em pé nas calçadas próximas ao templo Gangaramaya para ver os elefantes – que tem significado especial na religião: o animal teria aparecido num sonho à véspera do nascimento de Buda.

elephant_parade_instragram_@pratserieAlém da manada vestida com gigantescas fantasias, há música, dança, alguns “carros alegóricos” e impressionantes performances com ares de arte circense. O início do desfile é marcado por chibatadas no ar. Há “alas” de equilibristas, danças com fitas e aros de fogo. Algumas mulheres e crianças também participam do espetáculo, mas a maioria dos “passistas” é homem. Mesmo que muitas vezes estejam vestidos com roupas femininas, a atitude não é brincalhona – minhas aspas de referência ao Carnaval são só para associar a algo conhecido aí no Brasil.

sri_lanka_elephants_by_pratserie.jpgApesar de todo o encantamento com o espetáculo, bate uma certa apreensão ao chegar perto dos elefantes. Não de medo, já que eles estão acorrentados pelos pés – o que atrapalha bem a locomoção. Fico pensando em como eles são transportados e alimentados, se ficam na sombra e descansam o suficiente… será que os paetês não incomodam? Nada disso parece incomodar o público, já que os elefantes fazem parte da vida e cultura do Sri Lanka. Dizem que os budistas se desdobram para tratar bem esses animais. Do fundo do coração, quero acreditar. Namastê!

Sri_Lanka_por_Fernanda_Prats.jpg

Beijos, Prats

Anúncios

3 comentários

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s