Bikephilia

CLICK HERE FOR ENGLISH VERSION

Livre, Leve e Um Pouco Louca: Entenda Minha Compulsão por Bicicletas. Ou não.

Atleta eu? Loooonge disso. Depois de passar a fase das rodinhas de segurança, não avancei muito na técnica – tanto que isso virou texto rápido sobre mim: “Anda de bicicleta como criança e bebe café como gente grande”. O amadorismo nas pedaladas, no entanto, não esfriou minha paixão pelas bikes. Ele até poderia ser uma das causas dessa obsessão… Mas, então, qual seria a explicação para meu não-trauma de infância?

public-bike-oslo-rio-de-janeiro
Seja em Oslo ou no Rio de Janeiro… amo uma bike pública!

Tenho lá minhas teorias sobre a bikephilia.  Nada muito complexo. Basta dar uma voltinha para ter uma boa perspectiva. Fico eufórica ao me equilibrar em movimento, com a brisa batendo no rosto, sentindo a liberdade de seguir na direção que desejo. Um sorriso que não desmonta. Vontade zero de parar. E essa sensação volta quando eu olho para uma magrela ou a enquadro em uma foto.

bike-camouflage

collage-2-images-of-bicycles
Será que sou voyeur?

O design de uma bicicleta é tão simples, e ao mesmo tempo elegante, que eleva instantâneamente o grau de estilo das pessoas e lugares envolvidos – pelo menos na minha visão apaixonada! Dá até pra fechar o raciocínio com aquela palavrinha descolada: quando a bike entra em quadro, tudo fica mais lúdico.

bike-style-scandivania
Streetstyle, bikestyle… you name it!

Falando sério, estes são exemplos de como o ordinário pode se tornar extraordinário, dependendo do olhar. Não importa se a magrela está em frente à uma loja de grife na Suécia ou estacionada em uma obra no Sri Lanka. Se o look-do-dia é bacana ou a se é a atitude inusitada que torna a imagem interessante. Ou ee eu invento que isso chama Bikemania, Bike Magia ou Bikephilia, sem saber como expressar o meu amor!

cool-bikes
Sri Lanka e Suécia na mesma paleta

E, já que estou contando das inabilidades que me fazem feliz, preciso confessar outra bizarrice: adoro cantar enquanto pedalo. Lembro sempre de uma rua em Liubliana que tem uma acústica sensacional e pouquíssimo movimento. Só de me imaginar cantando na bike por lá, tenho a sensação deliciosa de flutuar. Don’t stop me now!

tree-images-with bicycles
Sri Lanka – Eslovênia – Dinamarca

A Eslovênia também é cenário de outros momentos envolvendo duas rodas e muitas risadas: o passeio de bike elétrica pelos vinhedos, uma tarde encorajando uma amiga a pedalar até o workspace e a noite em que voltava de lá tão distraída (cantando, talvez) que só percebi o quanto estava longe ao ver uma placa de estrada para a Áustria – aí a amiga manda mensagem na manhã seguinte, pra saber se rolou uma “steamy session” com algum gato local na madrugada… mas só suei pedalando mesmo!!!

Aqui, no Sudeste Asiático , as motos são chamadas de bike e as bicicletas perdem vez nas ruas… cada vez mais. O trânsito se multiplica em proporções desastrosas, diminuindo a segurança dos ciclistas e aumentando a poluição – além do grau de dificuldade para mim. Por isso, faz tempo que não pedalo. Mas continuo relembrando esses momentos “lúdicos” ao fotografar compulsivamente o meu objeto de desejo… Então me siga no Instagram para ver mais imagens como estas! E, para se inspirar em outras histórias de bikes pelo mundo, super recomendo o livro Diários de Bicicleta de David Byrne..

biking-in-Bali-eat-pray-love
Em Bali, não deu pra fazer a Julia Roberts. Comi, rezei e amei a pé mesmo!

Beijos e até o próximo post!

Prats

PS – Fora a última foto (de divulgação do filme Comer, Rezar e Amar), todas as imagens são de minha autoria. Isso é compulsão ou não é?

 

Um comentário

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s