Amigas Ostentação

Tenho amigas, amigays e amigos sensacionais no Brasil, com quem faço questão de sempre me manter conectada. Mas hoje venho apresentar a todos – e até ostentar – duas mulheres sensacionalmente autênticas que conheci no Sri Lanka.

É com orgulho que escrevo sobre estas amigas que considero muito inpiradoras. Ambas tem uma relação tão bacana com o próprio estilo, que chamam atenção logo à primeira vista. Enquanto uma adota uma maquiagem exótica de forma ultra natural, a outra exibe naturalmente suas não depiladas axilas. Sem se importarem com o que os outros pensam, ambas ostentam a liberdade de serem quem são. Há quem se apresse em julgá-las pelo viés da vaidade, como se uma fosse vaidosa demais e a outra, de menos. Só que elas não se abalam com esse tipo de visão superficial e encaram as críticas lindamente, cada uma encontrando o tal empoderamento feminino à sua própria moda

Então deixa eu te apresentar estas amigas ostentação!

amigas-ostentação-maira-gouveia-alice-luker

FEMINISTA, SIM, SINHÔ

A paraibana Maira até já raspou os cabelos, mas há mais de 4 anos não faz o mesmo com suas axilas. A decisão de manter os pelos coincide com um período de maior imersão nas questões do feminismo. “Depilar ou não é uma escolha que só diz respeito à própria mulher. Eu adoro meu sovaquinho, acho lindo assim e assumir isso também é uma ferramenta de luta pelo empoderamento feminino”. Maira é artista e educadora, com passagens por Minas, São Paulo, India, Sri Lanka, Malásia, Tailândia… por enquanto! Em suas andanças, coleciona histórias engraçadas de como as pessoas reagem frente à sua inusitada opção pelos pêlos.

Ao chegar numa festa, toda arrumadinha, bonita  e cheirosa, ninguém imagina que Maira não se depile. Aí ela começa a dançar, levantando os braços, e logo nota os olhares de “não estou acreditando nisso!”. O mesmo acontece com chefes e colegas de trabalho, principalmente mulheres, quando se deparam com esse detalhe no estilo da talentosa profissional. Até sua mãe, preocupada, já propôs pagar pela depilação de Maira dizendo: “Dilua-se na cultura!” quando ela viajou pelas praias do nordeste. – segundo minha amiga “acho que mainha não curte esse visual, mas ela procura formas menos óbvias de opressão porque também é feminista”.

Maira conta que, num momento de intimidade, um banho a dois,  percebeu que o namorado deixou de ensaboá-la somente onde haviam pêlos. O cara acabou confessando que tinha uma certa aflição, mas que admirava seu engajamento nas questões feministas. Então ela se depilou para agradar a esse cara mas, principalmente, porque também queria experimentar uma sensação nova. “Sou livre para fazer o que me der vontade ou achar necessário. Gosto de manter minhas pernas lisinhas, por exemplo. Já a virilha e axilas, eu só aparo com a máquininha se me sentir incomodada”. Quando seu “sovaquinho” afasta os homens, Maira acha ótimo. “Se o cara não quiser ficar comigo por causa dos meus pêlos, esse é mais um motivo para que eu não queira ficar com ele”.

Despojamento

“Tive um namorado que entendia o quanto o processo de depilar é chato e dolorido. Ele foi o primeiro a me incentivar a manter o visual natural. Sem a pressão por me encaixar num padrão, eu me depilava com uma frequência cada vez menor e apenas para satisfazer a minha própria vontade. No final de 2013, conheci um fotógrafo cujo projeto era mostrar a real beleza e empoderamento feminino. Achei o trabalho dele lindo e acabei participando, tanto como modelo quanto por trás das câmeras.  Nessa época entrei em contato com outras mulheres que tinham se libertado destes padrões impostos pela sociedade e comecei a pesquisar mais profundamente os conceitos do feminismo” afirma Maira. Ostentar os pêlos é também uma forma de ostentar um posicionamento social e fazer com que as pessoas pensem no assunto.  Não dá pra ficar indiferente!

amigas-ostentação-maira-gouveia

Clique aqui para conhecer melhor a minha amiga Maira Gouveia e suas Mairagens .

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

SIMPLESMENTE ALICE

Ela é uma fotógrafa inglesa que vive no Sri Lanka e tem um blog de sucesso dedicado a exaltar o que há de mais interessante no país. Com mais de 30 mil seguidores no Instagram, Alice é famosa a ponto das pessoas a pararem na rua pra pedir selfie, sabe? Mas parte dessas pessoas também posta comentários nada agradáveis em suas redes sociais. Isso porque minha amiga gosta de se maquiar e usar bindis – aquele acessório que muitas indianas colam no meio da testa. Ela tem loucura pelo visual Bollywoodiano desde criança, quando teve acesso à imagens e histórias da Índia e Sri Lanka (por conta das viagens de seus pais). Alice incorpora elementos dessas culturas em seu visual e, como é bem branquinha, o resultado tem ares de pin-up moderna, um pouco mais exótica… algo realmente único e que já se tornou uma espécie de assinatura da garota.

Claro que, de vez em quando, ela sai de cara limpa e não tem problemas de postar fotos assim. Da mesma forma, pode ser vista à beira da piscina com o combo olhão-bocão-bindi. Sem mais. Isso não é pautado pelo que os outros pensam dela. Só que, às vezes, ela precisa lidar com opiniões não requisitadas… Tem quem pegue pesado, tipo “Seu visual gótico me assusta”, mas a maioria tem um assustador tom amigável:  “Porque você não toma um solzinho? Vai te fazer bem” ou “Deixa eu te ensinar como se usa o delineador”. Há quem queira tanto “ajudar” que até cola amostra no comentário, olha só:

Screenshot_2017-08-14-22-48-33-1.jpg

Como lidar?

Minha amiga já se ofendeu, tempos atrás, quando recebeu críticas à festa temática que preparou com todo carinho em homenagem ao Sri Lanka – para entender o contexto, imagine que você dê uma festa mexicana e alguém argumente que o sombrero que você estava usando não é legítimo de Oaxaca e que é errado postar isso em SEU blog sobre o México. Na época, ela havia saído da Inglaterra há pouco tempo e ainda estava se instalando no Sri Lanka. Se sentia vulnerável, incompreendida, e por isso escreveu parágrafos para responder com todo o respeito às questões que essa pessoa levantara. O lado bom dessa história foi que uma legião de fãs apareceu para defender Alice desses ataques e isso reverteu a situação a seu favor, fazendo com que ela se sentisse mais forte e conectada a seu público.

“Ironicamente, esses comentários maldosos ou pretensamente construtivos nunca têm a ver com o conteúdo dos meus posts que, em sua maioria, trazem mensagens positivas. Por mais que a pessoa soe elogiosa, ela pode estar me criticando ao sugerir que eu atenue a maquiagem ou tome sol. Nem sempre sei distinguir qual a verdadeira intenção” diz Alice. “Mas não vou me expor a raios cancerígenos ou correr os riscos de um bronzeado artificial só para agradar. E quem não curtir meu look, não precisa olhar. Ser quem eu sou não faz mal a ninguém, portanto não preciso mais gastar minha energia mental com explicações ”.

Para mim, tudo isso se resume à INVEJA – principalmente num país onde há uma maioria de pessoas com pele escura que valoriza quem é mais claro, mantendo a mentalidade do tempo das castas. Generosa, minha amiga prefere não julgar os haters por esse prisma. Ela foca no que realmente importa: “Hoje em dia, não me deixo atingir pelo karma alheio e sigo muito bem, obrigada! Acho que esses problemas têm que ser enfrentados da forma mais autêntica possível. Me amo e aceito como sou, por isso ostento o visual que eu bem entender”.

amigas-ostentação-alice-luker-style-in-sri-lanka

Clique aqui para conhecer minha amiga Alice Luker e seu Style in Sri Lanka.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Ao compartilhar essas historias e minha visão sobre as atitudes que minhas amigas ostentam genuinamente,  espero inspirar outras mulheres a se olharem com mais carinho. E, de preferência,  buscarem o próprio poder,  em vez de ficarem à margem criticando os outros.

Beijos, Prats

Anúncios

Guardanapo virtual... escreva aqui seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s